Seguidores

2010/11/20

Voando de Volta

    "Voando de volta"





Certas ocasiões quando caminho...

Não quero olhar pra trás,

Não quero me ferir...

E deixar de amar jamais!



Às vezes, olho o mar e me apaixono pela vida.

Mas de quando em quando, ela me olha e pressinto...

Que as aves não voam sempre pro sul,

Que nem todo dia o céu é azul.



Mas em ti, comigo, conjugamos o verbo amar,

Então olho pro horizonte, peço perdão e também ao mar...

Pois ainda é tempo de estender a mão,

 


Abrir as asas ficar e voar!









Czar D’alma - Escritor e poeta.
Postar um comentário