Seguidores

2010/12/18

Casa Vazia

"Casa Vazia"




Você se foi eu sei
Deixou flores e uma carta na mesa...
Abri a janela e pedi forças
Pra viver só, na minha fortaleza!

Casa vazia, móveis calados
Na mesa só um prato
Mudo entro, em silêncio me faço
Pela casa que você deixou, sou!

Saiu como o amanhecer...
E no crepúsculo de minha alma
As lágrimas insistem em nascer.
A casa vazia comigo está.

Faço companhia ao silêncio
Tua ausência é aqui, Maior presença!
Desfaço a cama nua e muda
Olho pro alto com meu brio...

Os dias são sentenças...
Na casa vazia, presente é tua ausência!



Czar D’alma

Postar um comentário