Seguidores

2010/12/20

Sentido e Razão


“Sentido e razão”





 Volta e revolta, Ele
Bebe do copo a vodka
Acende um cigarro, a si devota! Sentado à mesa, arrota.
Apedreja a dama e não nota, a sua falta de educação...

Canta só, chora só!
Passa o dia, chega à noite...
Ainda não encontrou pro seu coração,
O motivo da vida, pra falta de razão!

O ano vem, passa-se uma década!
Dobra esquinas, guarda-as no livro.
Que a vida d’eu pra sua vida ser um vão!
Olha o buraco em seu ser, não encontra.
O Motivo da razão, pra falta de ambição!

Volta e revolta a sua mulher vai-se...
Seus filhos crescem, só, ele não encontra a razão disso aí!
 Planta árvores quebra paredes e notas
Um dia acorda e se pergunta...


Como a vida saiu assim de mim?




Czar D’alma escritor e poeta.
Postar um comentário