Seguidores

2011/01/03

Baço da vida

"Baço da Vida"






















 Eu vi coisas...
Vi estrelas, poemas, espadas e sementes

Vi o sol, a sorte.
O lema, emblema e morte.
Vi coisas e outras viam a mim...

Sou costas, frente, lado, em cima e abaixo.
Sou a hidra dos versos
Campeão, fuga, erro, carrasco e capacho!

Sou coisa da vida e do ser sou
Baço e embaraço!

Uma dívida paga
Alforria conquistada

São coisas que vi na vida
Dessa vida tão cheia de
Coisas...





 Czar D’alma



Postar um comentário