Seguidores

2011/01/19

Sabe lá!

 "Sabe-se lá!"







Sabe aqueles dias que, não dá pra explicar...
Sentenças na pele, coração que arde só
Há milhares de lugares, onde caibamos
Mas só penso em contigo estar!


Sabe, se o que você faz já não faz sentido
É preciso de mais, amor, amante ou amigo!
Sabe, quando o mar parece te entender
E não se entende como consegue respirar...


Sabe, agente acorda, sonha, trabalha e chora
Outra hora se pensa em poder voar!
Sabe das mentiras que lhe plantaram...
Até hoje não se sabe, que tipo de fruto dá!


Sabe, você sabe que sim...
Quando tudo é tão belo
E nada mesmo precisa de ti pra existir!


São as coisas do ar... 
Às vezes voamos outrora se pode espatifar!
Eu sei, pessoas hão de nos entender... 
Mas agente ta precisando é de amar!


Sabe bússola, mapa, pijama...   
Coisas que apontam
Umas boas, outras “bacanas”! 
E nunca se sabe por que agente ama!
 

Sabe-se lá!




Czar D’alma
Postar um comentário