Seguidores

2011/02/22

Meus Mananciais

    "Meus  Mananciais" 

 





Pelas coisas lindas entorpecidas

Fiz-te um mar de poemas, pra dormires linda

Cozi sementes de orvalho pros seus lírios

Metade da maçã, pro desejo e pro ninho...



Pelas coisas lindas deste mundo, fiz-te toda minha!

Nu despi, O sol, a lua, dei-te pra sempre a minha vida...

Holocaustos não têm sorrisos de meninas,

O mundo é belo, pois nos cabe ainda.



Dei-te o horizonte por teu colírio

Abri os mares e dei-te os golfinhos...

A vida tem seu próprio ninho.

Ainda nu estou sozinho, hino, indo, findo...



Das mazelas dos homens, perdi o brilho!

Caminho comigo, pois sem ti a vida perde o brio!


Meus manacias são secos e não do édem o destino!





Czar D’alma




Postar um comentário