Seguidores

2011/02/07

Pela Cama Fria

  "Pela Cama Fria"








 Poema nas mãos em olhar você
Essa coisa linda que, me faz nascer...
Armários fechados, malas prontas
E tudo que se plantou se deixa levar!


Nas sombras de seus medos eu estava lá
Sempre segurando a cabeça, quando você a girar!
As horas passam e nem percebeu o tanto amor
Das coisas que lhe disse nada mesmo reparou!


A chave na mesa... 
O lençol dobrado e frio
Você ao menos em nossa cama deitou
E minha vida em suas mãos, de mim, de mim...


...Não sei mais o que restou!


Apenas dizer, não vá...

Te amo!



Czar D’alma

Postar um comentário