Seguidores

2011/02/16

Quase Amigos

   "Quase Amigos"





Suas palavras, sua boca, sua coisa...
Tudo tão perto e lindo...
Quieto, não agüento quero ser seu objeto!
Me leva daqui, me dá um beijo não na mão.


Escrevo coisas lindas e loucas, esperando como um cão
Abanando o rabo e querendo carinhos, desejos e excitação...
Posso parar em um segundo
Mas não me faça perder de ti a visão


Desse monumento
Essa coisa chamada desejo
Essa sua boca
Esse meu medo.


Quando agente ri
Finge que é amigo
Mas na verdade...
Queremos nos despir.


Verdade e mentiras
Pra outros que passam
Um dia ainda acordo
Com seu beijo em meu colchão.





Você é linda demais e como foi bom!

 


Czar D’alma

Postar um comentário