Seguidores

2011/03/08

Poema Pra Ela

   "Poema  Pra  Ela"  






 
Te faço um poema das balas de hortelã
Dos beijos nunca, do momento só meu
Faço-te poemas, como um amante e me tens irmã
Faço-te dilemas nunca quiseste de mim o lado terçã


Ah essa menina, me fadiga a solidão
Ela foge das intrigas minha musa e meu divã
Eu quero poemas seus dos lábios e boca
Te quero a batom e a língua tua rouca


Ah eu faço poemas pra que, um dia
Façamos poemas sem nada, sem roupas...
Pra essa imensidão de amor desembarcar no mar
Enquanto somos a outra coisa, mais e mais louca!


Uma maneira sutil e doce de sempre amar...



Czar D’alma

Postar um comentário