Seguidores

2011/05/05

R e c a n t o s

       "Recantos"   






Voltei dos mares abertos sorri
Andei por tantos vales, te amei
Por mudanças solenes pedi
E seu amor ainda esta aqui.

 
Os seus receios tirei
De todos os meios, te amei
Ainda esta aqui...
Todo seu amor por mim!


Vem de todos os ventos
O que senti quando lhe amei
De belas, suaves maneiras inventei.
Pelas formas de perpetuar-te meu rei.


Quando tu chegar a casa
Adormeça as leis, acorde em graça
Vislumbra o beijo meu em ti
Selado naquela tua feita barba


Momentos sedentos meus saciei
Nos braços seus, a tatuagem minha
Aquela foto e pose em tua cozinha...
Onde tu eras meu cardápio e eu, advinha!


Ontem eu vi Você passar
Sair de corpo, entrar num bar
Guardei comigo meu medo inimigo
Sai da rua entrei em sua bainha...


Mas dormi feliz
Quando disseste...


És minha rainha!



Czar D’alma



Postar um comentário