Seguidores

2011/06/21

Casa Comigo

            "Casa Comigo"   



           



Me dá seu beijo, casa comigo
Já não sei da vida o sentido
Querendo os rios do amor
Amando o que nem sou


Me dá seu carinho, me vaza a razão
Eu tenho uma montanha em casa
Não é de dinheiro, mas sim de paixão
Casa comigo e se canse de dizer, não


Os dias que, vieres comigo
Serei o servo com o amor e sentido
Nas noites frias eu a esquentarei
Na vida mais nada se fará preciso


Quando escorregares, estarei lá
Em tempos de medo e lágrimas
Seus olhos eu hei de enxugar
Em dias de luto, apenas me doar


Casa comigo... Dou casas, carinho e amor
Se precisares de mais poder, não temas eu dou
Quando precisares voar, serei tuas asas
Se pisares em falso, no colo te levo pra casa


Casa comigo, sou romântico, protetor e quase bonito
Mas quando me beijar, eu te recompensarei por isso
Casa comigo, me dê tua mão...
Se o medo vier, serei proteção


Então é domingo e o ano se foi
Tu sempre calada meu amor a esperou
Essas suas rugas eu hei de acariciar
Mesmo em juventude, nem quiseste me olhar


Por isso casa comigo... A vida foi embora
E ainda o amor te espera, sorrindo pra ti, senhora
Casa comigo, eu vou ao seu leito de hospital
Guardo seus livros, protejo seu joelho afinal


Mas o meu amor não vê a possibilidade...
De esquecer e ter nele um final!



Casa comigo?




 
Czar D’alma 



Postar um comentário