Seguidores

2011/06/08

Se Eu Mudasse Meu Rumo

            "Se eu mudasse meu rumo"   



           






Se eu mudasse meu rumo
Nada melhor assim seria
Das muitas coisas que vi
E daquelas de que nada aprendi


O seu rosto é do que tenho mais saudade...


A porta e as coisas da casa
Todas esperando, sua volta, liberdade
O amor cabe onde o peito explode
E se acaba de tanto amor, mais ainda saudade.


Do seu rosto solto em liberdade
É o que guardo em mim e nem cabe
Nos outonos sempre frios
Quando você não volta à minha cidade


Beijos, mãos, passos pelas calçadas
Onde o amor era bom
E das noites frias aquecidas
Em seu quente moletom.


Do seu rosto
Nem em dizer eu tenho força
Braço em volta
Beijo em boca



E distância da solidão...






Czar D’alma

Postar um comentário