Seguidores

2011/07/15

Ilusão de Um Segredo

            "Ilusão de Um Segredo"   



           




Fez-se em nada tudo que vivi sem ti
Andou e deu com asas, pôs-se a sumir
Não faz sentido olhar ao seu redor
E não lhe ver em volta de ti


Com meus rumores e gemidos
Deu-se em canção aos navegantes
Outros idiomas que junto aprendemos
Por meio de nossos corpos delirantes


Meu vício seu lábio perto de mim
Cada frase tua copiada em meu vestido
O tear de um amor que, jamais tem fim
Quando estou nos seus braços sou querubim


Quanta gente procura o que temos
E você procurando centelha em cabelo
Discurso seu do tempo que aprendeu ter medo
Um dia sou o raio do dia ao seu lado...



N’outros sou a ilusão de um 



Segredo.







Czar D’alma



Postar um comentário