Seguidores

2011/07/29

Pra eu poder dormir

            "Pra eu poder dormir"   



           

 


Por que me degusta sem sentir
Me devoras em leques
Quase não sei mais dormir
Por que me fazes assim.


Por que me debanda à noite
Cantarolando mentiras em foice
Tu me desvendas e eu me calo
Hoje te desmancho quando me abro


Mas eu preciso do teu amor, pra dormir
Quero o gosto do seu silêncio
Por trocas de teus sussurros
Pra eu nunca mais deixar de sentir


Não te leves pra longe de mim
Porque não me devorastes até o fim
Eu ainda acordo em meio aos teus lençóis
E jamais deixo os meus olhos molhados sós


Pra eu poder 




Dormir






Czar D’alma 





Postar um comentário