Seguidores

2011/08/08

Perdoando

            "Perdoando"      



           




Vou te perdoar
Pois não foi com tuas mãos
Que pintei o mar e as estrelas
Pra tu ficar feliz constelação


Vou deixar você ir
Se me disser quantos anos tem
O oceano e quantas estrelas
A gente conta pra poder dormir.


Ah eu vou te perdoar
Pois foram suas mãos
Que me fizeram amar a volição
Essa coisa quente que a carne diz – Bom!


Vou te perdoar os vis pecados
E aqueles que eu esculpir
Pra poder lhe esquecer
E fingir que o amor não é assim


Uma coisa que se vai
Mas sempre a esperança...
De quem gosta de mentir.


Um sal de mar que seca nas mãos
E o beijo que nunca...




Esqueci.






Czar D’alma



Postar um comentário