Seguidores

2011/09/21

Ao Menos Um Dia

            "Ao menos um dia"      




                





Vem de tua mão
A minha esperança vazia
De ser feliz e lhe ter
Ao menos num só dia.


Abordam os meus sonhos, sentidos
Essa coisa louca ao seu lado
Não temer sequer da vida o perigo
Eu sei certas coisas não devolvem o tino


Vem do mar esse seu olhar
Que me fascina e faz amar
Querendo sua companhia
Sou capaz de me envolver e entregar


Se me deres um dia ao seu lado
Eu terei em mim a eternidade
E a felicidade que não mente o fato
Se me deres do convexo o côncavo


Então eu deito só na areia
Pois quando todos os sonhos vão
Sim, não sei se fica qual a certeza


Eu quero a tua mão na minha
E minha certeza que a vida
Jamais será vazia...


Ao menos um só 




Dia.







Czar D’alma 




Postar um comentário