Seguidores

2011/09/17

Dia Lindo

            "Dia Lindo"   




                    




Um dia ainda tiro da cartola
A minha grande felicidade
Vou andar nua e feliz
Por toda a minha irmandade


Um dia ainda ganho a vida
Amando mais que, odiando
Pode ser meio idiota...
Mas prefiro morrer tentando


Um dia saio de salto alto em meio a chuva
Correr descalça na areia, abraçar o órfão e a viúva
Vou cantar feliz, em meio e no meio de mil crianças
Vou ver o homem largar o fuzil e vir dançar ciranda


Um dia, um dia, um dia...
Isso me será por oração
Amar o idoso e o noviço
E da idade não temer a desolação


Um dia acordo tarde e ainda vejo Deus
Vou buscar o mais lindo do príncipe e do plebeu
Deitá-los-ei em meio à maresia...
Vou ainda um dia ver, o amor da poesia.


Que esse dia venha então...
Onde o melhor seja o último
E quem não vencer também o seja
O nosso campeão!


Se esse dia demorar
Não hei de esmorecer
Pois sei que quem espera
Sempre há de ter amor...



Pra nunca 





fenecer.








Czar D’alma




Postar um comentário