Seguidores

2011/09/07

Menino de Barba

            "Menino de Barba"      




                   





Quando menino, queria ter barba
Logo que cresci, ela chegou...
Hoje que tenho barba
Não noto o menino que ainda sou.


Ela crescia e eu a desenhava
Esta barba no homem que vou
Pode ser que eu aprenda a ser menino
Pois esta barba nada me ensinou


Então o rosto do menino...
Que agora com barba, mas antes sonhava
Da saudade do beijo daquela mulher
Que acarinhara o homem que jamais passara


O menino de barba guardara o beijo da mulher que amava
Por saber ser homem guardando o menino
Na esperança em seu desatino
Este homem que, agora menino


...Em degustar em meio aos cabelos brancos
O amor da mulher que o homem
Em seu destino





Jamais encontrou!







Czar D’alma



Postar um comentário