Seguidores

2011/09/26

Parada Final

            "Parada Final"        




                    




Comprei os meus sonhos
Dos dias que vivi com você
Amo tudo que tem seu nome
Meu trem perfeito é meu amor em lhe ter


Andei entre os trilhos da perdição
Quando vi meu mundo sem lhe ver
Desci na próxima estação
Pra jamais nunca de ti me perder


Eu ando mesmo é só
Por causa dos desejos meus
Uns parecem comigo, outros...
Eu nem preciso lhe dizer.


Acordo em quase toda estação
Vertendo rosas em meu verão
Quando a minha boca fala teu corpo
O meu desejo é estar em tua mão


Eu compro de tudo na vida
Mas só me refaço feliz ao lhe ver.
Canto coisas ao léu, meu coração é réu
Dos dias que pude beijar-te e não sofrer


Hoje eu to nessa estação
Mas a minha ferrovia
Esta em tuas mãos
Aonde eu vou e fico


Quase sempre sozinha
Mas contigo dentro em mim
Sinto-me na parada final
Amando o que já passou e fica aqui.


Dentro dos meus sonhos
Essa realidade férrea
Calabouço e jardim.
Pois quis a vida 





Assim.









Czar D’alma




Postar um comentário