Seguidores

2011/10/12

A Flor do Deserto

            "A Flor do Deserto"




                              




Olhando a minha volta
Circulando o meu mundo
Eu vejo o dia nascendo
E meu amor em meio ao absurdo


Olhando ao redor de mim
Abraçando os dias que se foram
Amando a vida, as flores
Até o fim.


Eu to afim de ti
To a fim de lhe dizer
Que quero esse amor
E do desejo parir.


Olhando ao redor de mim
Encontro o seu perfil
Quando em quando sou criança
Da mulher que habita aqui.


Eu sou assim...
Rodeada de flores
Enlaçando da alma
O próprio jardim


Quando o sol nascer
E eu olhando ao lado
Ver tudo escuro
É que não estas aqui


Com toda a luz que me habita
Se a vida não me dá sua presença
Eu vejo tudo breu, eu vejo sim


Olhando ao redor de meus quadris
Essa mulher pari tu em meus sonhos
Dos dias que, nunca me esqueci
Cabeças quentes, dias de chuva...


E olhando pra aquela cena
Quando decidistes partir
Levando as flores e deixando deserto
Do jardim que um dia, contigo vivi.


Eu sou a flor do deserto...
Que quando olhando ao redor te encontra
Em mim habita assim um jardim.
Das flores do amor nosso que um dia 

 




Teci.








Czar D’alma 



Postar um comentário