Seguidores

2012/12/14

"Deslizes nossos de cada dia"

“Deslizes nossos de cada dia”      (Czar D’alma)
 
 
A lua diz pra mim
Coisas que só as lágrimas entendem
Pessoas que nos roubam a felicidade
Não sabem onde escondê-las
 
O sol ilumina a minha paz, queima a minha dor
Enquanto eu digo coisas lindas, quentes ao meu amor
Me engano com a esperança de que eu seja
Aquela chama que ela espera num amor.
 
Os dias me contam histórias fortes, algumas fantásticas
Mas nada se compara com a minha alegria
Quando sei que mentindo me fazes declarações dramáticas
Como um sonhador eu corro atrás do vento, cato pipas
 
Mas é justamente quando a noite cai que descubro
Que o mundo não passa de fantasia, esperança e delicias.
Uns acreditam nisso, outras acreditam na preguiça.
 
Czar D’alma   –   poeta
 
Postar um comentário