Seguidores

2012/12/30

“Último dia de felicidade” - Czar D’alma.

  
Último dia de felicidade       -       Czar D’alma
 
 
 
“Último dia de felicidade”  -  Czar D’alma.
 
No último dia de minha felicidade...
Eu colhi algumas flores, semeei outras sementes.
Andei com crianças órfãs e abracei idosos
Tudo isso no último dia de minha felicidade.
 
No último dia de minha feliz idade
Andei comprando coisas verdadeiras e doando aos amigos
Pessoas passaram por mim, algumas me abraçaram,
Outras, sequer delas, um sorriso levei.
 
Por que no último dia de minha felicidade a vida se escorre
As plantas de tão lindas em nossas almas morrem...
E a saudade arde como fogo, e o amor deixa frases de delírio na boca.
Tudo isso pelo último dia de felicidade que tive...
 
Um amor que me aporta e me dê um beijo de boa noite
Aquela voz que, não mentindo disse me amar, parecia uma peça.
Mas era apenas o último dia de minha vida feliz
Que meu amor sequer nasceu pra poder me abraçar e então...
 
Deixo meu último dia de felicidade nesse papel, nessa tela e nos seus olhos...
Pra quem sabe, na tua felicidade tu te lembres de que alguém poderia estar ali...
Onde seus sonhos e felicidades não lhe são suficientes, mas em mim,
Elas me fariam a razão de existir
 
Família, filhos, esposa, maridos, amigos e abraços ao redor da mesa.
E o último dia meu de felicidade estará contigo, quando sorrindo lembrar.
Esse meu insípido amigo bem que, poderia estar aqui.
 
Czar D’alma  -  Poeta e conservo.
Postar um comentário