Seguidores

2013/01/11

“Na esperança de me despedir”

“Na esperança de me despedir”  -   Czar D'alma   
 
 
 
 
 
 
 
“Na esperança de me despedir”  -  Czar D’alma.
 
 
 
Abra a porta pra eu passar
Tal na hora de sair.
Deixamos coisas importantes nos sonhos
E sonhamos com pessoas que com ninguém se importam,
 
Abra a porta pra eu sair
Está tão frio aqui...
Dentro e fora esta nevando
Dentro de mim.
 
Abra a porta pra eu sorrir
Não perceber que não me percebem assim...
Dor de parto, parto de alma, solidão que queima e abrasa.
E quem há de escolher estar aqui, quando o frio nos comprimir.
 
Abra a porta, por favor, pra mim...
Pela janela a minha alma já soltou.
Quem de mim espera um abraço
Vê-me gemendo em lágrimas...
 
Na esperança de me despedir.
 
 
 
 "Na esperança de me despedir"  -  Czar D’alma
Postar um comentário