Seguidores

2013/02/17

“Podes crer” – Czar D’alma.


“Podes crer” – Czar D’alma




“Podes crer” – Czar D’alma





Eu não sei por que digo coisas de amor
Não imagino a força que isso dá.
Não contento com palavras apenas
Quero de ti o sorriso e alma tua vislumbrar.




Eu não sei o porquê as crianças cantam
Não tenho chances de tudo mudar
Apenas mudo o que posso
E o que há em mim, pra me consolar.

Não sabemos o rumo das nuvens
A força das estrelas...
Por que o mundo gira e não cai.
Como os sonhos que se foram.




Os sonhos que se foram
Levaram algumas coisas nossas
Eram eternos por terem seu fim...
Sem meio apenas com princípio sim.

Os dissabores não custam nada
E por nada ninguém irá mudar...
Senão os sonhos voam e não voltam mais.
Por que a vida em tudo em nós fará.




Sim, beijo. De novo cante. Fale doce...
Como as canções que tenho trago aqui
Onde os sonhos morrem também se nasce
E se insiste francamente em ser feliz.




Não sei por onde os rumos andam
Não quero mais sofrer
Mas, se bateres em minha porta
Eu irei sorrir eternamente, 





podes crer.




“Podes crer” – Czar D’alma

Postar um comentário