Seguidores

2013/03/01

“O trigo” – Czar D’alma.


“O trigo”  –  Czar D’alma. 






“O trigo”  –  Czar D’alma




Quando o trigo estava quase a fenecer
Duro a vida pode estar,
Mas vem chuva temporã.
E molhando a dor sempre aliviará.

Quando o trigo estava só
Vem o fazendeiro a cultivar
Colher coisas boas pra degustar
Hoje o trigo há de brilhar.




Sendo trigo o dom do amor
Não quis somente esperar
Deu dons e fez por si
O que os outros poderiam desfrutar.

Que cada trigo em mim
Possa florescer
Pois sempre o sol há de nascer
Pra esse é o vosso fim.




Que esse trigo possa em si morrer
Pra que amanhã se tenha o pão
Pra humanidade se alimentar

Sei que o tempo é quase bom
Mas alimento não é somente pão
O que vem do alto sim, há de nos vivificar.




“O trigo” – Czar D’alma



Postar um comentário