Seguidores

2013/06/12

“Namora comigo?” – Czar D’alma

“Namora comigo?” – Czar D’alma.





“Namora comigo?” – Czar D’alma



Cantei uma canção
Colhi flores de meu coração
Ainda tenho uma esperança
Ao fechar os olhos te vejo em minha mente.




Por que são as canções
Doces como as estações
Por que quando fecho os olhos
Tenho a felicidade nas mãos

Quer namorar comigo
É o que digo
Quando vejo seu rosto
Com os olhos fechados comigo.




Quer namorar por uma eternidade
Por que sem você eu só conheço a saudade
Me dê a mão, um beijo que lhe dou as flores
Que pelo caminho da vida colho em meios às dores.

Quer namorar e pra sempre ser
A mulher que enternece o meu ser.
Por que os meus olhos vêem as faces
Mas só lembra e deseja estar com você.




Dúvidas poderão existir
Medos seus eu ei de dirimir
Por que quando pego em suas mãos
Os meus dias são melhores que essa vida vão.

Quer namorar comigo
Criar junto uma nova estação
Onde o calor não arrefece
Senão essa coisa entre a alma e o pulmão.




Namora comigo, venha ser pra lá de amiga
Quero estar ao seu lado por você encaro qualquer briga.
Não se ressintas quando os meus olhos estão náufragos de dor
Por que já esta amanhecendo e não pude lhe chamar de meu amor.

Namora comigo, dá a vida minha um sentido
Colore o canto que o banzo traz em mim abrigo.
As coisas que passam, os versos que se vão
Quando estou contigo eu crio uma nova estação




Onde o verbo é a verdade
E a verdade é um caminho
Quando o caminho não vira saudade
Sei que ainda amo você, meu pergaminho.

Que essas palavras cheguem ao ouvido teu
Dá-me uma esperança, já que a vida não deu.
Cante comigo uma canção chamada amor
Deixa a mentira de lado, abrace a verdade e ardor




Por que quem não ama não tem um instinto
Do tamanho da saudade e sua lembrança é apenas uma torpor.




Namora comigo
Vem e deixa de lado
Por que quando  amanhecer




Eu lhe digo, feliz dia dos namorados.






“Namora comigo?” – Czar D’alma


Postar um comentário