Seguidores

2014/01/11

Que só em mim jaz.

”Que só em mim jaz.”






Dou de caras com a verdade
Esse espelho corajoso
Que refreia todo o medo.


Cobiço os dias que comi
No cardápio de minha irrelevância.
Tenho amigos ao meu lado,
Mas meus desejos são da bela infância.





Dou de caras com a verdade
Adoro meus versos frente ao espelho...
Quando sou em mim a paz e o desespero.


Com a força de meus sonhos
Andei por milhas e milhas atrás de mim.
Meus olhos ansiavam pelo seu olhar ao meu orgulho
Pra não ter de enfrentar a sua fuga, quase nunca um segredo.


Mas as coisas vem e vão;
Os pássaros deixam versos de paz.
Mas, quando penso em seus beijos...
Adormeço com os olhos mareados de um gosto:


Queem mim jaz.





Czar D’alma. -   "Que só em mim jaz"


Postar um comentário