Seguidores

2014/06/09

“Ainda é tempo” - Czar D'alma.

“Ainda é tempo”  -  Czar D'alma.







“Ainda é tempo”  -  Czar D'alma.



Sem noção de tempo
Abraçando o que estamos vivendo.
Sem ameaças de descontentamento
Somando com o que contigo vou aprendendo.

Amar a razão de lhe encontrar
Encontrar sentido sem deixar de notar
Abrir os braços enquanto ainda é tempo
De dizer que ainda se pode amar.




Que teu sorriso seja eterno assim
Sem ameaças de jamais deixar de ser feliz
Com as sombras do passado poder sorrir
Querendo-te ainda em tempo ser em suas mãos, querubim.

Mesmo quando as crianças
Dormirem e a noite em ti existir...
Ainda é tempo de ser feliz
Acordar a esperança,
Sacudir os anseios,
Correr de tudo que é medo...
 



Ainda é tempo de esquecer segredos.
Amar o tom, jamais esquecer o enredo.
Em meio à tudo que ainda somos...
Abrir os lábios comer sem receio ou medo.

Ainda é tempo
De poder abrir os braços e ser feliz
A felicidade não requer currículos
Nem tão pouco anseia por um triz.





Ainda é tempo de chegar
Desfazer as malas
E em meus ombros




Dormir.




“Ainda é tempo”   –   Czar D’alma.


Postar um comentário