Seguidores

2016/08/20

Pensamentos e regaço - Czar D’alma.



Pensamentos e regaço - Czar D’alma. 





Pensamentos e regaço - Czar D’alma. 





Saiba que penso em você
Quando fecho os olhos
Quando ando pelas ruas
E vejo sua distância me acolher




Não preciso todo amor
Preciso do seu, por favor
Me faça um sorriso, me passa
E cola na minha face, Sê meu amor.




Saiba que penso em ti
Quando respiro solto os pulmões
Quando abrasa-se o coração
Quando a vida é silêncio ou canção.




Me detesto sem seus passos
Me acolho de seu espaço
E fervo de mim, solto de mim
Poesia, café, choro e cansaço.




Eu que ando sempre dentro de mim
Só vejo aqui o que me parece você
Coisas que me dizes, gestos que te esqueces
E que recolho aos meus pensamentos e regaços.




Vem e me leva daqui
Me traga a vida em sua
E consuma
Aquilo que eu chamo de amor.




Um beijo teu por favor...
Um delírio entre os ateus
Um romance ao egídio europeu
Uma olimpíada de nobre ou plebeu




Não se vive sem ar, amor e dor
E eu que ando vivo sem você
Me costumei a ser ardor
Pra espera dessa tua flor.




Meu s amigos me perguntam
Por que eu erro nomes...
Pra quê tanto ato falho,
Seu rosto em meio aos meus favos




Um dia acordo e me vejo
Luz, relâmpago e trovejo
Chamando o  cinza de vilarejo
Onde eu acordo sempre e nunca 






lhe beijo!







Pensamentos e regaço - Czar D’alma



Postar um comentário