Seguidores

2011/06/22

Com Chuva e Cuidado

             "Com chuva e cuidado"   



           



Se a chuva levasse aquela dor
O tempo escoaria o gemer, o rancor...
Se a chuva lavar o segredo do medo
E digo que venhas te dou as mãos e os dedos


Quando chovendo sangramos de amor
O seu sentido ao meu lado, nada de torpor
O dia abrandando os sentidos e o lado lindo
Quando olhando a chuva que, remove o perigo


Que a chuva caia em nossos corpos amados
Um dentro do outro e o amor incinerado
Pela paixão dos rios e dos muitos cuidados
Onde nós nus molhados, inflamados e apaixonados


Percebermos que a chuva que não cai dentro
Já não precisa ter cuidado...
Ela há de aquecer os
Enamorados.


Sem trama e sem
Atordoados.
Só amor



Cuidado.





Czar D’alma 



Postar um comentário