Seguidores

2011/08/18

Sem Me Querer

            "Sem Me Querer"   




               





Comer do tear do sono
Pra nebular seu rosto em sonho
Quando o sol desfazer o prazer
E a lua vier do bem sem fel tragar, trazer...


Eu sou você!


Coer a vida que há na lida
Pra poder amar os seus passos
Quando comigo e eu, estava sozinha
E o mundo não cobra mais alguma mentira.


Sou pra lhe ter!


Discurso vago é meu sentido
Quando o vento traz você
No meio do silêncio me contento
Abraço seus fios de cabelo em meu relento


Sou do que somos o querer...


Quando vais a meio à noite
Desespero do beco quaisquer foices
Corro atrás de seu mundo
Não desejo que seja como fostes




Sem me querer...







Czar D’alma




Postar um comentário