Seguidores

2013/02/12

“Propósitos sem fim” – Czar D’alma.


“Propósitos sem fim” – Czar D’alma.



“Propósitos sem fim” – Czar D’alma.



Você arde, delira e sofre por prazer
Quer de cada momento conter.
A vida dá um sorriso e lá se vão...
Em cada alma há sua parcela de ambição.

Você come, deita, bebe de tudo ao seu redor
Com suas aflições o mundo parece nem lhe querer.

Em toda a parte a gente acorda com suspiros
Os versos que “comi”, os dias que transpiro...
Eu sei que ainda tenho à frente alguns míseros dias.
Pra se viver engolir o “sapo” do destino.

Não amamos mais, por egoísmo
Não trouxemos paz, apenas juízo
Esse prejuízo que não precisa aparecer...

Eu estou com a coisa certa e não acerto em mim.
Às vezes, eu quero um sorriso de quem me odeia
Às vezes, tenho nenhum prazer, nem mesmo quando digo, Sim!

Logo o dia nasce, adormecem os sonhos...
E preciso me lavar e não posso parar
Por que a vida não deixa que seja assim.
Versos cortados e mundos distantes são esferas
De propósitos que não têm fim!




“Propósitos sem fim” – Czar D’alma.

Postar um comentário