Seguidores

2011/05/27

Meus Caminhos

            "Meus Caminhos"      



           





Pelos caminhos meus cada passo e breu
Vou tecendo meu mundo assim,
Sem fora da lei, sem crimes, por um fim...


Pelos passos que dei aos que ainda farei
Essa coisa fria e ardente em meu peito
Essa sentença livre de ser, essa coisa ardente


Eu olho aos céus e peço a Deus
Pra calar essa coisa cá
Onde essa solidão me abraça
Os meus dias sem alguma namorada


Pelos passos vãos e aos que, bons serão
Olho cada criança em mim, me rendo enfim
Quero o beijo mais gostoso quero o sal do mar
Quero a vida com gosto de quem sabe viver e amar


Minhas preces minhas orações
São todas pra humanidade de mim
Meus dilemas, meus grilos e pretensões


Onde eu sou o tear de mim,
Onde o amor jamais terá fim


Onde eu acordo não apenas sozinho
Mas com aquele beijo ao lado
Sentenças de liberdade e com você
Chamando-me de mais que um namorado


Meu fim!
Meu bebê meu serafim
Um acorde alado


Um tom repente no deserto quente
Sempre em mim essa dor, esse ser gente


Aonde eu vou e vôo ao mar
Querendo teu perdão
Te querendo sempre comigo
Sorrindo e feliz, comigo vem habitar.


Onde meu sorriso vale não uma noite
Mas por todo tempo que ao seu lado
Eu possa e tu comigo possamos assim estar


Um dia feliz e uma eternidade pra sonhar
Contigo ao lado e comigo dentro
Desse nosso projeto esse nosso lar.


Um ao outro...
Decifrando, realizando


E sabendo amar!




Czar D’alma 



Postar um comentário