Seguidores

2009/04/08

A Lágrima.

Czar D'alma

A lágrima

O que direi...

Quando minhas lágrimas secarem?

Frente ao luar de dor!

E minha voz ecoar

Soando em tom de amor!

Dê-me suas lágrimas,

Meus olhos não enxergam mais!

E estarei livre e feliz

Quando quieto no quarto,

Sonhar com teu sorriso,

E você me deixar chorar!

O que lhe darei...

Se minha alma enfim agüentar?

O frio que dói

A canção que esmaga...

Mas não tenho mais lágrimas...

Te conto meus sonhos

Declaro minhas fábulas...

Mas com meu sofrimento

Vem e, por favor, acaba!

Ah! Eu daria tudo!

Por uma única lágrima...

Mesmo que fosse o fim

Mesmo se disseres que não me amava

Pelo menos eu teria uma lágrima!

Czar D'alma

5 comentários:

Anjopoesia@gmail.com disse...

Lindo poema Czar,mostra muita sensibilidade nas palavras,muito amor pra doar...Gostei...
Beijos
Anjopoesia

SONINHA PORTO disse...

Prazer enorme te conhecer amigo e reconhecer a tua alma poeta. Um grande abraço!

Czar D'alma disse...

Obrigado, sinto-me sinceramente, lisongeado pelas vossas palavras!
um beijo carinhoso e carpe diem!
Voltem sempre!

Sem mais,

Czar D'alma.

Anônimo disse...

o sentimento revelado por uma lágrima pode durar mais que um adeus num refeitório.saiba que você tem mais que uma lágrima.
com carinho eu

Miss. Jaciara disse...

AMADO DE DEUS SAUDAÇÕES DE ALEGRIA E PAZ.

ENCONTREI NOS SEUS ESCRITOS A MAIS PERFEITA ESSÊNCIA DO SENTIMENTO VERDADEIRO E POSSO ATÉ ARRISCAR EM DIZER SEM SOBRA DE DÚVIDAS QUE ÉS UM POETA DESDE ANTES DE NASCER.
A POESIA É O SONETO DA ALMA E SÓ OS SENSIVEIS A DORES ALHEIAS CONSEGUEM DESCREVER ENTRELINHAS O SENTIMENTO NO MAIS ALTO VALOR.PARABÉNS AMADO DE DEUS E QUE DEUS CONTINUE DERRAMENDO EM TI PORÇÕES E RIQUEZAS DA POESIAS E QUE ELAS POSSAM SER CANAL DE BENÇÃO AOS QUE LEEM. ENFIM FUI PREVILEGIADA POR ENCONTRAR VC. ABRAÇOS FRATERNAIS.