Seguidores

2010/09/08

  "Das Flores"


 Envio-te flores, das flores que habitam em mim.
O começo é o início do fim, mas não me digas assim!
Quero a flor mais cheirosa, quero o último abraço...
To me despedindo de mim e não sei como vim aqui!

Mando-te flores das mais lindas
Pra que te lembres de mim.
Dos sorrisos inacabados, das noites perfeitas...
Dos dias de aurora e da aurora que estar por vir!

Dedico-te flores, pois elas estiveram sempre comigo, aqui!
Revelando-me minhas dores e minha solidão, tudo quase bom...
Então não se sabe o que se diz, quando agente embora se vá.
Mas me mande uma flor que, meu coração se esvai...

Mande-me flores, pois estou à beira de meu jaz!


J.Czar D’alma
Postar um comentário