Seguidores

2010/12/18

Sangra Coração

"Sangra coração"



A violência é a solidão
Vestida de covardias.
Ameaças são respostas
Das pedradas e acuadas feridas!

Não temendo ser a vítima,
Acordando pra quem me aceitar!
Das poucas certezas da vida,
Quem te ama, sempre há de lhe acompanhar!

A violência é a covardia
Transvestida de depressão e a fazia.
Sem fôlego agente aprende a amar.
Mas ganhando ar, a vida ensina a lutar!

Quando se vive ferido
Você sangra o coração;
Amar é voar de costas.
O que a resposta nunca é!


Assim sangra o coração!



Czar D’alma
Postar um comentário