Seguidores

2013/01/24

“Encontra-te a tempo”

“Encontra-te a tempo”  -  Czar D’alma
 
 
 
 
“Encontra-te a tempo”  -  Czar D’alma
 
Quando você realmente se encontrar
Eu sei que seu coração medroso
Vai enfim, poder me amar.
 
Quando enfim, você se agrupar,
Juntar os pedaços que lhe fez estilhar
Quando o amor parecia jamais chegar
Eu ainda estarei a te esperar.
 
 
Por que a vida é linda,
Mas sem amor, a vida não é ninguém.
E sem ninguém não se pode viver ou amar.
 
Quando você juntar os pedaços seus
Eu vou te ajudar a remontar a sua história
Sem ao menos pelas suas falácias te cobrar.
 
Por que, eu escolhi ser fiel a mim,
E a ti que, vive dentro de tudo que vivi.
Sei que um dia tu a ti se recolherás...


Mas te lembres de que a vida não foi injusta
Era só o seu medo de se encontrar.
Ser amado e de comigo todos os dias acordar.

 
Por favor, me perdoe.
Por que eu só aprendi a te amar.
 
 
Saí da aula quando era pra aprender a esquecer
A quem não consegue amar e nem se encontrar.


 
Isso ainda não tem perdão...
Encontro e amor sem paixão.
Pecado é sair correndo do amor
Como se fosse um ladrão.
 
Sei que um dia tu a ti te encontrarás e lá
Tu ainda se lembrarás de como tudo era bom.
Se encontrando e encontrando amor e paixão
Na cama ou fora dela, quem não ama,
Da vida não encontra razão.
 
Então, se ajoelha e pede a Deus,
O milagre da terceira visão.
Pois, o amor não se vê, senão, pelas mãos...
 
 
“Encontra-te a tempo”  -  Czar D’alma
Postar um comentário