Seguidores

2012/01/19

Cadê Você

       "Cadê Você"  




                    




Querendo morrer de amor
Vou por aí dizendo tudo bem!
Decolando em delírios pensei
Te lhe querer por anos de prazer.

 

Cadê você!

 

Grito aos céus e o inferno de mim
Abre-se em gemidos do pesar sem fim
Vou tear cada palavra sua e compor canção
Pra ao menos lá ter um pouco de razão

 

Quando do amor teci nossos corpos nus
Amanheci detalhes de meu mundo
A esperança em surfar do norte ao sul
Querendo morrer de amor, nasci em blues.

 

Vou buscar o seu sorriso e acordar ao seu lado
Tenho detalhes que ainda não tens acordado...
Café na cama, amor à noite e pulsar de frases loucas
Quando descobrindo meus segredos, destilou minha roupa.

 

Mas cadê você...
Por que o frio que há em mim
Há de despertar soldados, amortecer reinados
Pra que nos meus quadris tu te faças feliz.

 

Cadê
você!


 




Czar D’alma


2 comentários:

Iara Noleto disse...

MARAVILHSO!!!! SAUDADES MEU POETA QUERIDO!!!

Czar D'alma disse...

Olá! Iara,linda Amiga! Que saudades, querida!!!

Mas,como é bom receber notícias suas por aqui, espero que, estejas bem e a cada dia melhor ainda... Okay!?

Muito Obrigado pela visita, minha , querida!

Volte sempre, pois sempre aguardo as
boas e dóceis amizades aqui.

Muito Obrigado!

Beijos N'alma & Carpe diem!

MUITO OBRIGADO!