Seguidores

2013/07/14

“Pra sempre amor" - Czar D'alma

 “Pra sempre amor” - Czar D'alma.




 
“Pra sempre amor" - Czar D'alma.

Eu sempre lhe darei o meu amor
eu sempre lhe ouvirei
seja quando estiver triste
ou quando se alegrar eu te abraçarei.



Eu sempre contigo estarei
basta você para o lado olhar
eu sempre estarei lá
pra quando precisar sorrir ou chorar.

Pra pensar que ainda exista amor
e por saber que o amor jamais acabará
pra saber que o que você passou
Não tem de nas costas carregar




Você precisa entender
que quem te ama
sempre ao seu lado estará
seja quando caíres ou ao menos tropeçar.

Que meu ombro seja seu aeroporto,
pra sua alma sorrir, pousar e descansar!




Por tudo que há de bom
Não te lembres de quem lhe quer julgar.
Decore seu jardim o amor há de voltar.
Não te envolvas em ingratidão, estas podem lhe tragar.

Caia nos braços meus
Deslize nesses sentimentos nobres
E descubra quanto que sem amor
Uma alma pode ser pobre.




Então, é outro dia...
Quem te feriu não te cura.
Acomodes seus pensamentos
E foges da amargura.

Pois os ventos vêm, pensamentos vão...
Mas quem te ama te perdoa e estende a mão.
Seja aqui na beleza do Brasil tua nação
Ou mesmo, distante em outra pátria, longe como no Japão.




Sempre haverá amor
Pra quem atravessa a rua
Mas jamais atropela outro irmão.

Enquanto tu e eu vamos sendo julgados
O sol brotará um dia. Pra quem não entende...




Que quem muito se e nos culpa
Não sabe o valor de um perdão.
Onde o paraíso não tem serpente
E todo mundo sabe doar compreensão.




Diga-me, onde habita essa nação.




“Pra sempre amor" - Czar D'alma
 
 

3 comentários:

Fatima Regina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fatima Regina disse...

Bom dia Czar...eu como amante de tudo que inspira romântismo e sedução,adorei seu blog,muito sucesso pra você,beijos!!!

Czar D'alma - poeta disse...

Olá, Fátima Regina, linda amiga!

Muito Obrigado pela dócil e tenra

participação! Fico imensamente feliz

em saber que gostaste!

Beijos N'alma e carpe diem!

Muito Obrigado!

Até!