Seguidores

2019/01/31

Sem cansaço - Czar D’alma.



Sem cansaço  -  (Czar D’alma)




Sem cansaço  -  Czar D’alma. 


Dê um tempo pra pensar
Naquilo que se foi
E que poderia aqui estar




Arrume um jeito pra ser franca
Abrace o jeito certo
De voltar a ser criança




Medite no que o tempo diz
Desaperte do peito
O que a saudade lhe quis




Mesmo em tempos de dor
Um amor pode acontecer
Diante do futuro o verso vem
Basta abrir os lábios pra saber.




Teu delírio foi acreditar
Que jamais poderia amar
Tendo tanta gente aberta
Apertando a vida pra se doar.




Uns andam a procura da verdade
Mas não percebem o que diz a mentira
Que levaram no caminho da lealdade.




Eu tenho um livro e uma mesa
Pode ser tão pouco, mas é ali...
Que eu ponho a refeição e a tua beleza.
Mesmo que não perceba quando digo




Ainda que preferes desiludir
Um dia adormece a noite e acorda
O que o coração guarda na certeza.




De lhe abrir os braços
De lhe ter no amasso
Dos tempos perdidos
E nem sequer por isso, 




nenhum cansaço.



Sem cansaço  -  Czar D’alma. 

Nenhum comentário: